Space Kitchen!

Algo importante pra dizer ou sem nada pra ler? Então, você veio ao lugar certo pra gente aprender de tudo um pouco dentro do melhor lugar pra bater papo e fugir dos feeds :D

2 EXERCÍCIOS SIMPLES PARA GANHAR FLEXIBILIDADE E VELOCIDADE NOS DEDOS

Quando estamos aprendendo a tocar violão, é bem comum ter os dedos travados na mão esquerda. Sem contar que não se tem muita coordenação na hora de apertar a corda e tocar com a mão direita.

Bom, existem duas maneiras de você pegar a coordenação e conseguir mais flexibilidade nos seus dedos.

A primeira é pegando músicas e ir tentando tocar até conseguir assimilar tudo. Eu fiz por esse caminho e te confesso que demorei muito tempo (além da frustração).

Agora, existe a maneira inteligente de se fazer isso, que é PRATICANDO com exercícios específicos para isso.

O maior erro que eu cometi na minha vida de músico, foi querer ignorar completamente os exercícios para pegar técnica e partir direto para aprender as músicas. E esse é um erro muito grande que a maioria comete e que leva a desistência. Mas você, não pode cometer esse mesmo erro.

Aprender a tocar violão é simples, você precisa apenas de:

  1. Dedicação
  2. E prática!

Com isso, você vai longe!

Agora vamos aos exercícios…

ANTES DE VOCÊ COMEÇAR

Praticamente todo iniciante pensa que o tamanho da sua mão influência na falta de flexibilidade nos dedos.

Sabe quando você olha aquela nota que você precisa colocar o dedo indicador numa ponta e o mindinho em outra? Pois é, não é só quem tem mão grande que consegue fazer, beleza?

O esquema é práticar!

EXERCÍCIO Nº 1

Neste exercício você vai utilizar os 4 dedos, você vai começar da primeira casa e terminar na 12ª. É legal você fazer até a 12ª porque você já vai se acostumando com a diferença do espaçamento dos trastes.

E = Mi | ----------------------------------------1-2-3-4 |
B = Si | --------------------------------1-2-3-4-------- |
G = Sol | ------------------------1-2-3-4---------------- |
D = Ré | ----------------1-2-3-4------------------------ |
A = Lá | --------1-2-3-4-------------------------------- |
E = Mi | 1-2-3-4---------------------------------------- |

EXERCÍCIO Nº 2
Essa é a variação do primeiro exercício. Só que agora você faz a sequência 4-3-2-1 começando da Mi aguda até chegar na Mi grave.

E = Mi |4-3-2-1---------------------------------------- |
B = Si |--------4-3-2-1-------------------------------- |
G = Sol |----------------4-3-2-1------------------------ |
D = Ré |------------------------4-3-2-1---------------- |
A = Lá |--------------------------------4-3-2-1-------- |
E = Mi |----------------------------------------4-3-2-1 |

DICA MATADORA

É muito comum que você se perca no exercício, às vezes acaba fazendo mais rápido do que consegue. Tem um segredo que não é tão segredo assim pra você conseguir fazer os exercícios com perfeição.

USE O METRÔNOMO

Todo músico que se preze utiliza o metrônomo para praticar. E com você não deve ser diferente.

Benefícios do metrônomo:

  • Você faz na sua velocidade e vai fazendo conforme vai pegando prática;
  • Você vê os seus resultados acontecendo;
  • Você começa a pegar o tempo na música.

Comece devagar, coloque em 20bps e vá aumentando de 5 ou 10 em 10.

IMPORTANTE: Não aumente a velocidade no metrônomo até você estar fazendo com perfeição na velocidade atual, capiche?

Vai lá, pratica e volta pra dizer os resultados, fechado?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *